BIOGRAFIA | FOTOS

 


Naja Silvino
Foto: Arquivo Pessoal

Naja Silvino (Noêmia Siqueira Campos), nasceu em São Paulo em 5 de junho de 1920, filha do coronel Conrado Pessoa Pinto   Siqueira Campos e de Maria Antonia Siqueira Campos. Casou-se com Silvino Netto em 1938, dando a luz a Paulo Silvino em 27 de Julho de 1939. Naja Silvino, diplomada em piano, canto e teoria pelo Conservatório Dramático Musical do Estado de São Paulo, entrou na Escola Nacional de Música do Rio de Janeiro,da Universidade Federal, em 7 de junho de 1961 como professora das turmas de iniciação musical e de lá saiu aposentada em 5 de julho de 1990 com 39 anos de bons serviços musicais. Naja é uma especialista em arranjos e improvisos de músicas eruditas e populares. Dirigiu alguns conjuntos de 1954 a 1961, sendo que um deles era formado somente por mulheres:- Naja Silvino e Golden Girls- com Naja ao piano mais bateria, acordeão, clarinete, xilofone, contrabaixo, instrumentos de percussão e uma crooner cantando em diversos idiomas.,- sendo que as integrantes eram formadas  pela Escola de Música Villa-Lobos.

Naja, foi professora de piano durante sete anos na Academia Mário Mascarenhas, pianista no Club de Engenharia, na Casa do Pará, na Churrascaria Jardim, no Restaurante Le Coin, no Restaurante de Mirthes Paranhos; na Mariu’s, no Barra Grill e em muitos desfiles de moda. Ao longo dos anos deu recitais na A.A.B.B.,  na Casa do Porto, no Women Club do Brasil e na Sala Arnaldo Estrela do Rio de Janeiro.

Fêz alguns cursos de extensão como : “ Alta interpretação “ com o pianista Jacques Klein e “Curso de Música Brasileira” com a maestrina Joanídia Sodré. No início dos anos 50, a divina cantora Ellizeth Cardoso, gravou um bolero de Naja;- “Fantasia”.